Escolhendo o caminho da mudança

A necessidade de lidar com mudança nos encurrala. Ou lidamos com os desafios ou estacionamos.

caminho da mudança

O caminho da mudança nem sempre é o mais rápido ou fácil. Em geral, mudar envolve uma releitura de nossa vida. Desde um simples desejo de perder peso, até uma mudança de estado ou país, sempre implica ajustes. Temos que ser capaz de descartar coisas e reorganizar nossas prioridades.

Costumamos gostar das zonas de conforto, e não há nada de ilegítimo nisso. É legítimo querer usufruir daquilo que adquirimos ou dos lugares conhecidos. Por questões de temperamento, alguns adaptam-se mais rapidamente e facilmente às mudanças, do que outros.

Porém, todos precisam ser desafiados em alguma medida. Sem desafios, sem novas metas, nossa existência fica vazia de significado. Nossa vida será mediana se não desafiarmos as possibilidades. Ter coragem de lidar com o novo requer abandonar o velho.

Rompendo com o passado

Nosso passado em geral está recheado de experiências negativas, que gostaríamos de deletar. Algumas são tão traumáticas que nos paralisam. Todos possuímos registros positivos e negativos engavetados em nosso inconsciente. Nós os acessamos instintivamente. Mesmo essas experiências podem ser superadas e canalizadas de forma correta.

Abandonar o passado não é sinônimo de queimar pontes. Quando queimamos pontes estamos classificando as pessoas como coisas, desprezando seu valor em nossas vidas. Abandonar o passado significa liberar as pessoas da responsabilidade que achamos que elas possuem em relação ao que nos aconteceu.

O simples fato de sair da plateia e entender que somos protagonistas de nossa história nos empodera. As pessoas e as circunstâncias não podem nos deter ou interromper nossa trajetória. Com certeza alguns acontecimentos dificultam, outros atrasam a velocidade com que nos movemos. Porém, nenhum é capaz de nos tirar do páreo quando dominamos a arte de nos reinventar.

Encarando os desafios de frente

Quando temos coragem de encarar cada desafio de frente e considerar a possibilidade de ajuste, caminhamos na direção correta. Contornar o fracasso não é possível, portanto, a escolha mais sábia é aprender com ele. As lições aprendidas com os erros por vezes são mais valiosas do que as aprendidas com os acertos.

Inegavelmente os acertos são mais prazerosos, mas os verdadeiros heróis são aqueles que não se deixaram abater em momentos de crise. Nossas fragilidades e nossos pontos cegos precisam ser confrontados para que possamos atingir o alvo. Cada um de nós nasceu com um propósito e todos carregam sonhos que precisam ser perseguidos.

Decidir se levantar e perseguir os sonhos que carregamos envolve determinação e a coragem de assumir as responsabilidades pelo que nos acontece. Nosso passado não pode nos deter, nada que alguém tenha feito ou deixado de fazer pode. Os únicos que podem desistir somos nós mesmos.

“Não importa o ninho, se o ovo é de águia.” Abraham Lincoln

Autor: bygrace73513376

Sou gaúcha, amo biografias e gosto do desafio de compartilhar fragmentos da minha. Faço parte de uma geração analógica que usufrui dos benefícios da era digital. Por isso, o bygrace é produto de uma jornada analógica, compartilhada de forma digital.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s