A existência humana de dentro para fora

A existência humana é complexa e deve ser analisada de dentro pra fora.

existência humana dentro e fora

Quando avaliamos nossa existência sob a perspectiva apenas natural, tentando achar sentido nas coisas sob um prisma unicamente humano, erramos.

Erramos, porque o homem não é só corpo, só alma ou só espírito. Somos espírito, temos uma alma e habitamos em um corpo. A análise feita no sentido inverso será confusa e descabida.

Somos seres complexos e únicos. Nossos valores e nosso coração deveriam estar fundamentados em coisas eternas, já que a eternidade foi plantada em nosso coração pelo próprio Criador.

Somente quando temos a visão correta do que nos rodeia, tanto as circunstâncias, como nossas limitações, é que podemos viver de maneira sábia. A verdadeira grandeza de nossa existência, está fundamentada na liberdade de voluntariamente nos esvaziar.

O verdadeiro homem

“Há grandes homens que fazem com que todos se sintam pequenos. Mas o verdadeiro grande homem é aquele que faz com que todos se sintam grandes.” G. K. Chesterton

Fazer com que outros se sintam grandes é impossível quando temos necessidade de afirmação, ou pior ainda, quando nossa afirmação depende do rebaixamento de outros.

Certamente alguns de nós já estivemos na posição dos que são rebaixados e também dos que rebaixam. Ambas posições são desconfortáveis e produzem dano em nós e nos envolvidos. Não é sábio rebaixar, e ser rebaixado dói.

Qualquer um que reconheça o valor de sua existência, carrega o suficiente de Deus dentro de si, para o impedir de ultrapassar alguns limites. Da mesma forma, essa porção de Deus será o combustível necessário nos momentos em que somos alvo de ofensa.

Jesus, nosso maior exemplo

Jesus nos deixou o maior exemplo quando, esvaziando-se de si mesmo, tomou a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens(Fp.2.7). Desconheço forma superior de esvaziamento.

Nenhum ser humano pode rebaixar-se mais do que isso, ou pode queixar-se de ter sido rebaixado a alguma posição inferior a essa. Só faz isso, o que sabe de antemão o valor que possui, aquele cuja identidade foi estabelecida.

Quando medito nesta postura, de alguém que esvazia-se voluntariamente em prol de outros, sem ter a mínima garantia de ser compreendido ou aceito, entendo um pouco da limitação que carrego em mim mesma.

A obra da cruz

Por mais que nossa existência seja repleta de conflitos e desafios no que se refere aos relacionamentos, temos o exemplo maior que nos foi deixado como parâmetro. O caminho a ser percorrido será sempre de dentro para fora.

A obra da cruz foi perfeita e completa. Qualquer tentativa nossa de acesso ao coração do Pai fora dela é ineficiente. Voltemos hoje nosso olhar, e inclinemos nosso coração para o Único que conhece todas as respostas e que tem prazer em repartí-las conosco.

Autor: bygrace

Estou Secretária executiva, amo biografias, escrever, ler e recentemente lancei meu primeiro infoproduto. Desejo contribuir para que mais pessoas assumas seu protagonismo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s