Jornada da noiva rumo ao casamento

Deus deseja se relacionar conosco, como o Noivo se relaciona com a noiva. O privilégio deste convite, deveria nos atrair para Ele.

jornada da noiva até o casamento

Uma das figuras bíblicas utilizada para definir a igreja, é a figura da noiva. Nesta alegoria, encontramos características como paixão, pureza, intimidade. A associação com a noiva implica num convite para um relacionamento profundo e pessoal, com o Noivo.

Aqueles, como eu, que possuem uma caminhada cristã de alguns anos, já perceberam que a trajetória é peculiar. Além dos altos e baixos, dos desertos e mananciais, nos deparamos com conflitos diversos.

O livro de cantares de Salomão dá voz a esta trajetória. Seus oito capítulos descrevem, como nenhum outro livro da bíblia, a caminhada rumo ao amadurecimento da noiva. Os momentos decisivos são narrados em linguagem poética.

Ao contrário, porém, do que pensam alguns, este não é um livro feminino. Ele foi escrito por um dos homens mais sábios da terra, e descreve as nuances deste relacionamento. Homens e mulheres são convidados a trilhar esta jornada com o Noivo.

A jornada

Recentemente, Jennifer Roberts, lançou o livro “A jornada”, que trata deste tema. É um livro que recomendo muito. Os bons livros precisam ser lidos mais de uma única vez. Este com certeza se enquadra nesta categoria. O entendimento deste tema exige isso.

Na trajetória, a noiva se apaixona, se decepciona, tropeça, levanta, deita, corre e vamos nos identificando, pouco a pouco, com ela. Descobrir que o Criador, é também Salvador não é suficiente. Saber que ele é Pai é decisivo e nos posiciona dentro de sua casa, garantindo conforto e segurança. Mas, é no papel de Noivo, que nos sentimos desafiados.

Imaginar que o tipo de amor apaixonado que Deus tem por nós, inclui o convite para que sejamos Sua noiva, exigirá de nós níveis maiores de revelação desse Deus. Pessoas apaixonadas não se cansam umas das outras. Pessoas apaixonadas nunca ficam sem assunto. Pessoas apaixonadas fazem planos juntas.

Avaliando nosso relacionamento

Quanto de seu relacionamento com Deus se parece com este relacionamento? Quanto dele precisa ser corrigido? Qual a medida de intimidade presente em suas conversas com Ele?

A resposta destas perguntas deveria nortear nossa busca por mais dEle. Andar com Deus não é um conjunto de regras. Andar com Deus não é frequentar uma igreja. Andar com Deus é viver um relacionamento íntimo e pessoal, que terminará em um casamento.

O projeto de Deus conosco inclui um casamento. Somos eternos, e Ele deseja passar a eternidade com esta noiva, por quem está apaixonado. Corra hoje para seus braços e busque a intensidade deste relacionamento. A revelação precisa ser pessoal.

Elimine de sua rotina o que precisar ser eliminado, para achar tempo para passar com Ele. Busque-O com sinceridade e se surpreenderá ao descobrir que Ele nos amou primeiro. Ele tem um amor furioso por nós.

Põe-me como selo sobre o teu coração, como selo sobre o teu braço, porque o amor é forte como a morte, e duro como a sepultura o ciúme; as suas brasas são brasas de fogo, com veementes labaredas.” Ct. 8.6

Autor: bygrace

Estou Secretária executiva, amo biografias, escrever, ler e recentemente lancei meu primeiro infoproduto. Desejo contribuir para que mais pessoas assumas seu protagonismo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s